São Valentim VS Santo Antônio

 

Desde a Idade Média a tradição do dia de São Valentim, o santo do amor apaixonado, vem sendo praticada pelo mundo. Tendo iniciado na Europa e depois do século XVIII ganhado os Estados Unidos e os demais países do globo, esse calendário festivo teve origem com a história do mártir São Valentim que morreu, segundo a lenda, por favorecer o casamento quando esse era proibido pelo imperador Claudio ll. Sua história e martírio vieram a somar com as datas dos festejos romanos da fertilidade e também com a temporada de acasalamento dos pássaros no hemisfério Norte, daí surgindo a comemoração do Valentine’s Day pelo mundo todo em 14 de Fevereiro.
Porém no Brasil dos dias de hoje comemoramos o Dia dos namorados em 12 de Junho e com outro santo padroeiro para os casais: O nosso querido Santo Antônio.
Mas o que houve então?
Em 1948 a data e os festejos comemorativos do Dia dos Namorados passaram a ser realizados na véspera do Dia de Santo Antônio, mas não existe nenhum motivo para isso além do motivo comercial. Sim, uma jogada de marketing da agência Standart promoveu a nova data do Dia dos Namorados para motivar as vendas de seu cliente que precisava de um aquecimento comercial naquele período do ano.
O sucesso foi tão grande que hoje em dia toda a indústria e comércio brasileiro esperam essa data para o terceiro melhor faturamento do ano, perdendo apenas para o Natal e o Dia das Mães.
Certamente todos os dias são dias de amor, afeição e generosidade, mas aqui no Brasil temos duas datas para comemorar o Dia dos Namorados: Dia de São Valentim em Fevereiro e Dia dos Namorados em Junho. Os Amantes da Paixão agradecem.